O curta metragem Contos da Maré, dirigido por Douglas Soares, conta histórias e lendas do maior complexo de favelas do Rio de Janeiro, a Maré. Com humor, o filme traça um mapa social da antiga e da nova favela através de contos como do “Lobisomem”, “Mulher-Cobra” e “Porco com Cara de Gente”, personagens folclóricos da comunidade que surgiram a partir dos anos 40.

Quem narra as histórias são familiares do diretor que vivem até hoje na comunidade e contam, desde que Douglas era pequeno, tais lendas. São moradores que falam do seu cotidiano e apresentam seu olhar sobre a realidade e é através dessa aproximação que se torna possível analisar de que maneira os contos se relacionam com a história do Complexo.

O conceito principal do documentário é dar voz aos moradores para que eles mostrem, através da narrativa oral, uma favela culturalmente rica e desconhecida, diferente do que é mostrado na imprensa escrita e televisiva.